Como ajudar a criança a se concentrar - Imagem - Freepik

Como ajudar a criança a se concentrar?

A capacidade de se concentrar é importante para o desenvolvimento e desempenho escolar da criança. 

Além de ser essencial para a aprendizagem, ela é necessária para que um aluno consiga permanecer atento durante a aula. Também para que consiga realizar uma prova longa, para ler um texto grande ou resolver uma equação complexa.

A capacidade de concentração está relacionada não só com a idade, mas também aos hábitos. Desse modo, ela é uma habilidade que pode ser exercitada e melhorada. Para isso é necessário exercitar o foco.

É importante ter em mente que estimular a concentração não precisa ser apenas nos momentos de tarefas escolares, mas também em diversos episódios da vida. Por exemplo, ao manter o foco ao realizar refeições, ao brincar, ao ouvir uma história, ao jogar xadrez e ao conversar sobre um assunto mais difícil. Lembre-se que a criança deve fazer uma coisa de cada vez. Ou seja, se concentrando somente naquilo que está fazendo.

Diminuir o uso de telas também ajuda na concentração. As crianças parecem concentradas enquanto usam telas, como TV, celular ou tablet, mas elas ficam em uma posição passiva. Isso significa que as crianças estão apenas vendo, sem precisar pensar ou imaginar coisas. Por isso, promova atividades, que demandem do raciocínio e do funcionamento cognitivo da criança. Tarefas mais difíceis precisam de maior concentração.

É preciso que você seja o exemplo. Ou seja, não basta orientá-lo, é indispensável que você também faça o que diz. Os pequenos aprendem imitando suas referências. Não basta falar para seu filho se afastar das telas e ler um livro se você passa muito tempo em frente à televisão ou ao celular. Além disso, estabeleça uma rotina com horários certos para assistir TV, brincar, estudar, jantar, etc. A manutenção da rotina faz com que ele se sinta mais seguro e melhore sua concentração em seus afazeres.

A criança não ter nenhuma atividade ou brincadeira para fazer nem sempre é algo ruim. Pois ela também precisa ter momentos ociosos para pensar, se concentrar e criar possibilidades. O tédio também deve fazer parte da rotina.

Outras práticas que podem melhorar a concentração das crianças é dormir bem. Concentrar-se em uma atividade enquanto está com sono é difícil até para os adultos, imagine para as crianças. Uma boa noite de sono é essencial para manter a concentração nas atividades diárias.

Além disso, a prática regular de atividades físicas ajuda na concentração. Ela estimula o funcionamento cognitivo como um todo. Mantenha também uma dieta saudável. Esses dois fatores são essenciais para a saúde do sistema nervoso e como consequência para o funcionamento da concentração.

Luciana Brites - NeuroSaber - Crédito - Samara Garcia
Luciana Brites – NeuroSaber – Crédito: Samara Garcia

(*) Luciana Brites é CEO do Instituto NeuroSaber (https://institutoneurosaber.com.br/), autora de livros sobre educação e transtornos de aprendizagem, pedagoga, palestrante, especialista em Educação Especial na área de Deficiência Mental e Psicopedagogia Clínica e Institucional pela UniFil Londrina e em Psicomotricidade pelo Instituto Superior de Educação ISPE-GAE São Paulo, além de ser Mestra e Doutoranda em Distúrbios do Desenvolvimento pelo Mackenzie.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

A produção revela a sabedoria das benzedeiras nordestinas está de volta ao...

Rolar para cima