Circuito Sesc de Teatro apresenta “O homem da cabeça de papelão”

O homem da cabeça de papelão - Crédito Marcus Gullo

O homem da cabeça de papelão – Crédito Marcus Gullo

Circuito Sesc de Teatro apresenta “O homem da cabeça de papelão”
no Sesc São Gonçalo

O espetáculo é uma sátira à sociedade moderna escrita por um dos maiores cronistas brasileiros, João do Rio

Baseado em um conto de João do Rio, o espetáculo “O homem da cabeça de papelão” encerra o ciclo de peças adultas no Circuito Sesc de Teatro no Sesc São Gonçalo nesta sexta-feira (12/12) e neste sábado (13/12), às 20h, com ingressos vendidos a R$ 2 (associados Sesc) e R$ 8 (inteira). Encenado pela primeira vez no Rio em 2008, quando foi indicado Prêmio Shell na categoria Música, “O Homem da Cabeça de Papelão” passou ainda por outras 7 unidades do Sesc em todo o estado.

O conto do jornalista e escritor carioca João do Rio (1881- 1921), se passa num país imaginário, cujas semelhanças com o Brasil não são meras coincidências. Lá vive Antenor, um homem que, pressionado pela intransigência de uma sociedade que não aceita as diferenças, acaba trocando sua cabeça por uma de papelão, mais condizente com o pensamento dos demais. O tema, abordado com humor e maestria pelo autor na virada do século XIX para o XX, ainda é atual: deve um homem que vive em sociedade adaptar-se às normas vigentes para viver melhor ou manter-se fiel às suas ideias, mesmo que elas sejam rejeitadas por essa mesma sociedade?

O tom de narrativa é mantido na encenação da Cia Dramática de Comédia. Para tanto, contribuem as canções compostas especialmente para o espetáculo por Marcelo Alonso Neves, também responsável pela direção musical de montagens como “As Cochambranças de Um Quaderna” (pela qual recebeu o Premio Shell de Música), “Emilinha e Marlene”, “Orlando Silva” e “Renato Russo”, entre outras.  As músicas são executadas ao vivo por dois músicos/atores – Leonardo Miranda e Dudu Salinas – e cantadas pelos integrantes da Cia. Cleiton Rasga, Giselda Mauler, Julia Deccache, Péricles Amim e Sonia Praça, além de Alain Catein, Juliana Moulin.

Circuito Sesc de Teatro: Iniciado em abril deste ano, o Circuito Sesc de Teatro levou a diversas unidades do Sesc no Rio de Janeiro uma peça de teatro adulto e outra destinada ao público infantil. Os espetáculos circulam por três meses com apresentações a preços que variam de R$ 2 (para associados Sesc) e R$ 8 (inteira).

Cia. Dramática de Comédia / 20 ANOS: A Cia Dramática de Comédia foi criada em 1994 por profissionais conceituados em suas áreas: João Batista (autor e diretor), Mauro Leite (figurinista), Renato Machado (iluminador), Doris Rollemberg (cenógrafa), Giselda Mauler (atriz) e Sonia Praça (atriz). A ocupação artística do Teatro Dulcina vem coroar uma trajetória de 20 anos do grupo. Ao longo desse tempo, a Cia. Dramática de Comédia acumulou 06 prêmios e 24 indicações. As últimas montagens da Cia. foram o musical “Quando a Gente Ama” (Teatro Sesc Ginástico 2013) , o infanto-juvenil “ Chagall- O Poeta com Asas de Pintor” (Teatro II CCBB 2012), “Bartebly, o Escriturário” (Teatro da Casa de Cultura Laura Alvim 2011),  “A Caolha” (Teatro do Jockey 2010), “A Bolha” (Casa da Gávea/2006) e “Caia na Gandaia” (Teatro II do CCBB/2004).

 Serviço:

“O homem da cabeça de papelão”

12 e 13 de dezembro de 2014 (sexta-feira e sábado), às 20h.

Sesc São Gonçalo (Teatro):  Av. Presidente Kennedy, 755, Estrela do Norte

Tel.: (21) 2712-2342

Ingressos: R$ 2 (associados Sesc), R$ 4 (estudantes, jovens de até 21 anos e maiores de 60 anos), R$ 8 (inteira).

Classificação etária: livre

Capacidade: 350 lugares

Duração: 60 minutos

Ficha Técnica

Direção e adaptação: João Batista

Elenco: Cleiton Rasga, Dudu Salinas, Giselda Mauler, Julia Deccache, Leonardo Miranda, Péricles Amim, Sonia Praça, Alain Catein, Juliana Moulin.

Cenografia: Doris Rollemberg

Figurinos: Mauro Leite

Iluminação: Renato Machado

Músicas e Direção Musical: Marcelo Alonso Neves

Preparação Vocal e arranjos vocais: Paula Leal

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: