Com clássicos do gênero, espetáculo infantil “Sambinha” será encenado neste fim de semana no Sesc São Gonçalo

Sambinha_Claudia Ribeiro (5) (Copy)

História do encontro entre famílias do subúrbio e da Zona Sul carioca é embalada por clássicos do samba assinados por Donga, João da Baiana, Candeia, Cartola, Chico Buarque, Caetano Veloso, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Moacyr Luz

Uma deliciosa viagem musical pelos clássicos do samba. Assim é “Sambinha”, espetáculo infantil que o Sesc São Gonçalo apresenta neste fim de semana (26 e 27 de julho), às 16h. Apesar de ser dirigida para o público infanto-juvenil, a montagem agrada também a adultos e idosos que gostam do gênero, já que a história é embalada por composições de Donga, João da Baiana, Candeia e Cartola, passando por Chico Buarque, Caetano Veloso, Tom Jobim, Vinícius de Moraes e Moacyr Luz. Os ingressos custam entre R$ 4 (associados Sesc) e R$ 16.

O musical conta a história do encontro casual entre Maria Luiza, menina típica da classe média, moradora da Zona Sul carioca, com Junior, um menino do subúrbio, conhecido em sua comunidade como “Sambinha”. Por certa razão, Júnior vai parar na casa de Maria Luiza e, neste encontro, os dois se encantam um pelo outro e trocam experiências. Ele mora numa casa simples com quintal e árvores na periferia da cidade. Ela, por sua vez, está sempre “conectada”, se comunicando com o mundo inteiro de dentro do seu quarto na Zona Sul. A partir da amizade que se estabelece entre as duas crianças, as suas famílias também passam a ser amigas, e esse convívio proporciona aos pequenos uma ampliação de horizontes.

– O texto foi criado a partir de personagens que aparecem nos próprios sambas como “Menino Brasileiro”, samba pouco conhecido de Dona Ivone Lara que serviu de inspiração para o personagem Sambinha, menino de comunidade, filho de trabalhador, cheio de talento para o samba, no gogó e no pé. Assim como “Samba de Maria Luiza”, de Tom Jobim, que foi a inspiração para a personagem Marilu. Menina de classe média, superconectada na internet e nas mídias eletrônicas. Em “Sambinha”, tanto os personagens quanto o enredo estão a serviço do conjunto de canções, tratadas aqui como a estrela do espetáculo – explica a autora Ana Velloso.

Além de assinar o texto e o roteiro, Ana Velloso sobe ao palco junto com os atores Patricia Costa, Vera Novello, Édio Nunes e Milton Filho e com os músicos Firmino (percussão), Felipe Pedro (cavaquinho) e, ainda, André Rente (violão), diretor musical do espetáculo. A direção é de Sergio Módena (“As Mimosas da Praça Tiradentes” e “A Revista do Ano O Olimpo Carioca”).

Sambinha_Claudia Ribeiro

SERVIÇO

Musical infantil “Sambinha”

Dias 26 e 27 de julho de 2014 (sábado e domingo), às 16h

Sesc São Gonçalo: Av. Presidente Kennedy 755.

Tel.: (21) 2712-2342

Ingressos: R$ 4(associados Sesc), R$ 8 (estudantes, jovens até 21 anos e idosos) e R$ 16 (inteira)

Classificação etária: livre

Capacidade: 350 lugares

ROTEIRO MUSICAL

01) Pelo Telefone – Donga

02) Batuque na Cozinha – João da Baiana

03) Samba de Maria Luiza – Tom Jobim

04) Lua de São Jorge – Caetano Veloso

05) Alvorada – Cartola

06) Shopping Móvel – Claudinho Guimarães e Luizinho (sucesso na voz de Zeca Pagodinho)

07) Samba Lelê – Cantiga Popular – versão Ana Velloso

08) Pique Esconde na Internet – Luiz Carlos da Vila e Moacyr Luz

09) Nó na Madeira – João Nogueira

10) Receita de Samba – Jacob do Bandolim

11) Lamento da lavadeira – Monsueto Menezes

12) Morena Flor – Toquinho e Vinícius

13) Boas Vindas – Caetano Velloso

14) Feijoada Completa – Chico Buarque

15) Menino Brasileiro – Dona Ivone Lara

16) Samba da Antiga – Candeia

17) A Voz do Morro – Zé Kéti

FICHA TÉCNICA

Texto: Ana Velloso

Direção: Sergio Módena

Direção Musical: Ricardo Rente

Diretor Assistente: Gustavo Wabner

Elenco / Personagens:

Ana Velloso
 / Jacira e Marilú

Édio Nunes /
 Sambinha e Sr. Murilo

Vera Novello /
 Dona Marisa e Dona Cida

Patrícia Costa /
Jurema

Milton Filho / Jurandir

Músicos: André Rente (violão),Firmino (percussão),Felipe Pedro (cavaquinho)

Assessoria musical de percussão (preparação de atores): Tambor Carioca / Sergio Conforti

Iluminação: Aurélio de Simoni

Cenário e Figurino: Espetacular Produções (Ney Madeira, Dani Vidal e Pati Faedo)

Coreografias: Édio Nunes

Direção de Produção: Lúdico Produções Artísticas

 

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: