Ficha técnica Unidos do Viradouro – 2014

Unidos do Viradouro – Carnaval 2014

Título do Enredo

 “Sou a terra de Ismael, ‘Guanabaran’ eu vou cruzar… Pra você tiro o chapéu, Rio eu vim te abraçar”, “

viradouro

FICHA TÉCNICA DA ESCOLA

G.R.E.S. UNIDOS DO VIRADOURO

Data de fundação: 24 de junho de 1946

Cores: vermelho e branco

Símbolo: Coroa

Títulos: Campeã em 1997 – Grupo Especial – // Vice – Campeão 2013 Série A

Presidente: Gusttavo Clarão

Vice- Presidente: Rildo Seixas

Presidente de Honra: José Carlos Monassa Bessil (In memória)

Vice-Presidente de Patrimônio: José Carlos Gabriel

Tesoureiro: Osvaldo

Presidente da Galeria de Velha Guarda: Oswaldo Areia

Presidente da Ala de Compositores: Paulo Cesar Portugal

Presidente da Ala das Baianas: Dona Clea

Departamento Feminino: Lúcia Alba de Oliveira Trindade

Diretor Especial:  Rubinho

FICHA TÉCNICA – CARNAVAL 2014

Enredo : “Sou a terra de Ismael, ‘Guanabaran’ eu vou cruzar… Pra você tiro o chapéu, Rio eu vim te abraçar”,

Autores do samba-enredo: Dudu Nobre, Diego Tavares, Zé Glória, Paulo Oliveira, Dílson Marimba e Júnior Fragga, Willian Neves, Arlindo Neto, Claudio Mattos, Diego Nicolau.

Posição e dia do desfile: 5ª escola a desfilar no dia 1º de Março de 2014

Componentes: 2.500

Carnavalesco: João Vitor Araújo

Diretor de Carnaval: ​ Wilson Polycarpo

Diretor Geral de Harmonia: Gabriel Serqueira e Miltinho

Mestre de Bateria: Mestre Pablo

Intérprete: Zé Paulo Sierra​

Cantores de apoio: Pitty, Edinho, Matheus, Julinho.

Diretores de Barracão: Junior Santos e Vinicius​

Coreógrafo da Comissão de Frente: Luciana Yegros​

Rainha de bateria: Raissa Machado​

Musa: Camila Macedo​

Detaques de chão: Luiza Rafide – carro 2 / Camila Melo – carro 3/ Vanessa Belatti – carro 4

Coordenador da ala de passistas: ​ Ângela Santos

Responsável pela ala das baianas: ​ Dona Clea

Responsável pelo departamento Feminino: ​ Lúcia Alba de Oliveira Trindade

1o Casal de mestre-sala e porta-bandeira:   ​Marlon Flores e Alessandra Chagas

2º Casal de mestre-sala e porta-bandeira​ Jansen Tiago e Barbara Verçosa

Presidente da Ala dos Compositores: ​Paulo Cesar Portugal

Nº de Componentes da Ala de Compositores: 60

Nº de Baianas: 60

Nº de Passistas: 40

Nº de crianças: 60

Nº de alas: 21

Nº de alas comerciais: 05

Nº de alegorias: 05

Responsável pela Velha Guarda: Oswaldo Areia

Personalidades no desfile: Cantor Byafra, Cantor Claudio Zoli, Jogador Bruno Souza, Jogadora Valesquinha, ator e apresentador Alexandre Henderson, Atriz Juliana Paes, Ator Leandro Hassum, Ator Marcos Oliveira, Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Quadra:  Avenida do Contorno, 16 Barreto Niterói​​

Barracão: Rua Frederico Silva, 85 em frente ao colégio Liceu​. Atrás da balança mais não cai.

Assessoria de Imprensa: ​ Mônica Marinho ​ – 99869-4664

SETORIZAÇÃO CARNAVAL 2014

1° SETOR:

“DE IGUAÁ-MBARÁ À SÃO LOURENÇO DOS ÍNDIOS- O INÍCIO DE UM SONHO”

Comissão de frente

1° Casal de Mestre sala e Porta bandeira

Guardiões do casal

Ala 01: Índios Temiminós

Ala 02: Índios Tamoios

Musa: Camila Macedo “A força Temiminó”

 CARRO ABRE ALAS:

“A Conquista! De Banda d’além à São Lourenço dos índios. O Eldorado Temiminó”

 2° SETOR:

“DE SÃO LOURENÇO DOS ÍNDIOS À NICTHERÓY”

Ala 03: Baianas- A Religiosidade-Missão Jesuíta

Ala 04: As grandes Fortalezas

Ala 05: Nos trilhos do progresso (Ala Disse me disse)

Ala 06: Compositores- Barão de Mauá

PERFORMANCE:  “O BRASÃO DE NITERÓI”

3° SETOR:

“NITERÓI- ARTE, CULTURA E ENTRETENIMENTO”

Ala 07: As cores de Antônio Parreiras (Ala dos artistas)

Rainha da Bateria: Raissa Machado- “A Roleta”

Ala 08: Bateria- Croupier do Cassino Icaraí

Madrinhas da ala de passistas: Ângela e Vanessa “A sorte”

Ala 09: Passistas- O Glamour do Cassino

Ala 10: Cine Icaraí apresenta: “Alô, alô Carnaval” (Ala Reis da folia)

Ala 11: O Ballet de Márcia Haydée (Coreografada)

CARRO 2:

“A Magia do Teatro Municipal João Caetano”

4° SETOR:

“VERDES CAMPOS E PAISAGENS CULTURAIS”

Ala12: O Verde Horto do Fonseca

Ala13: Esportes Radicais no Parque da cidade (Coreografada)

Ala14: CRIANÇAS- Domingo no Campo de São Bento

Ala15: O solar do jambeiro

CARRO 3:

“ O Jardim de Gentileza”

5° SETOR:

“NITERÓI- DA TRADIÇÃO À MODERNIDADE”

Ala 16: Os Pescadores

Ala 17: Os Peixes do mercado (Ala da amizade)

PERFORMANCE: “FÉ E DEVOÇÃO NA GRANDE BARQUEATA”

Ala 18: O Sorriso da cidade (Ala paixão vermelha e branca)

2°Casal de Mestre sala e Porta bandeira

PERFORMANCE: “A PONTE QUE UNE ESPERANÇA E PAZ”

6°SETOR:

“DE NITERÓI PARA O RIO, DO RIO PARA O BRASIL”

Ala 19: Bem vindos ao Rio de janeiro

Ala 20: Foliando no Rio (Ala amigos do Rei)

Ala 21: A Marca Gênio João

Ala 22: Velha guarda- Samba na veia

CARRO 4:

 “Viradouro: De Niterói para o Brasil! É festa que não se acaba”

 

SAMBA 2014

Compositores: Dudu Nobre, Diego Tavares, Zé Glória, Paulo Oliveira, Dílson Marimba e Júnior Fragga, Willian Neves, Arlindo Neto, Claudio Mattos, Diego Nicolau.

Anauê

Guaraci raiou no horizonte

Lá onde a água se esconde

Índio guerreiro lutou

Araribóia venceu

Sopra a brisa do tempo em seu chão

Trilhos da história, evolução

Clareou do barão, a ousadia

Se vilarejo, foi um dia

Ganhou nobreza em seu brasão

Tem arte do samba no pé

Nesse palco o artista quem é?

Pode apostar, sou eu!

(sou eu, sou eu)

Que trago o sorriso no rosto

Contemplando a natureza

Divina gentileza floresceu

Na fé, vai a embarcação

O sol refletido no mar

Caminhos que o mestre traçou

Se curvam ao meu cantar

Elo do amor não se desfaz

Ponte que une esperança e paz

Me leva aos grandes carnavais

Orgulho de ser Niterói

Reluz no Rio, o meu tesouro

De braços abertos, olhai por nós

Canta Viradouro

SINOPSE 2014

“Vasto cenário que cultiva o encantamento.

Uma grande paisagem íntima aos suntuosos olhos de Deus.”

(Alberto Araújo, Poema – Cidade Sorridente, 2011)

A “Água Escondida”, a Banda “D’Além” que Araribóia recebeu

Tornou-se São Lourenço dos Índios que o jesuíta catequisou

Foi a recompensa do herói que ao Rio de Janeiro defendeu

E nos seus fortes estão as marcas da bravura de quem lutou.

 

A tua história traz em si uma constante evolução

Sobre os trilhos desbravou e ultrapassou muitas fronteiras

Teus estaleiros tem início com a ousadia do Barão

Com o óleo trouxe a luz, e venceu outras barreiras.

Da Família Real ganhou profunda admiração

De Vila Real a Imperial Cidade outros títulos receberia

Três são os anos que ostenta em seu brasão

Muitos foram os fatos que nos preencheram de alegria.

“Tudo, tudo em ti é motivo de alegria.

Assim: a natureza em forma geométrica se compõe,

e na memória guarda-se a melodia

Niterói… mística, côncava, gloriosa

nos quatro cantos ornamentos.”

(Alberto Araújo, Poema – Niterói Meu Amor, 2012)

 

Através da tua história muitas artes te definem

Na pintura tem Parreiras, seu filho mestre a se louvar

Nesse universo de talentos, grandes nomes tão sublimes

Com sua música e sua dança possuem o dom de emocionar.

Seu cassino e seus cinemas nos ofereceram outra arte

João Caetano nesta terra funda o teatro brasileiro

Os seus frutos são atores que te orgulham em toda parte

Em teu palco toda arte tem espaço por inteiro.

 

Tuas lagoas e reservas são riquezas fabulosas

Toda beleza em tu habitas, e em tua orla é que se sente

Que a natureza se harmoniza na leveza das suas formas

Sobrevoando de asa delta ou se lançando ao ar de parapente.

Muitos são teus recantos onde se destaca a sutileza

Feito o Solar do Jambeiro e o belo Horto arborizado

Convivendo em teus espaços e preservando a natureza

Bom é desfrutar do bento Campo de apreço inestimado.

Devoto jardineiro foi o Profeta que, pregando a gentileza,

Semeou paz e esperança, deixando as cinzas no passado

Cultivado em longos anos as suas futuras grandezas

Fez voltar o riso à face deste povo agraciado.

 

Nesta cidade onde o mercado é referência em pescados

Faz pra São Pedro barqueada na celebração da sua festa

São João, o padroeiro, a Senhora sob o manto sagrado

Abençoam toda gente em sua fé que não se contesta.

Em teu solo, o futebol, oficial assim se torna

E teus atletas grandiosos te consagram com o ouro

Conquistar as tuas mulheres um desafio posto à prova

A educação é a boa herança oferecida pro teu povo.

O lazer em tuas praias é um convite a toda idade

Em tua orla novas formas se transformam num caminho

Pela arquitetura do Mestre que deu um símbolo à cidade

Faz sua gente num sorriso te agradecer tanto carinho.

Porém uma grande obra causou tamanha revolução

Deixando de ser um sonho para ser concreta realidade

Quarenta são os anos desde a sua inauguração

Treze são os quilômetros que unem duas cidades.

“Eu quero ver você cantar, extravasar

Quando a cidade sorriso passar…”

(Viradouro, 2005)

Com a mesma valentia em que o índio te defendeu

A Viradouro em suas cores pinta seu povo pra lutar

Com a magia de um Gênio todo mundo reconheceu

O valor da sua gente e o seu prazer em festejar.

E Se Niterói é a recompensa que um dia o Rio concedeu

Atravessamos a Guanabara para juntos festejar

Com todo povo de Ismael, que desta terra é filho seu

Tornando o mundo a sua escola e o samba o seu lugar.

Nosso desfile é o presente que ofertamos a você

Na Passarela que em trinta anos muitos sambas viu passar

De braços abertos como costuma nos receber

Faz-se então aniversário que todos vão comemorar.

E na magia que envolve este carnaval de emoção

Por boa parte da história que esta cidade tem pra mostrar

Imenso é nosso orgulho de ser Niterói de coração

Fazendo dele o grande enredo que a Viradouro vai contar.

 

 

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: