Marcelo Serrado e Gigante Léo levam stand up comedy ao Sesc Niterói

Crédito: Rodrigo Molina

Crédito: Rodrigo Molina

Peça ‘É o que temos pra hoje’, que tem única apresentação dia 28/3, trata da obsessão das pessoas pela internet

Entrar na sala de espera de um consultório lotado e ver que todos só têm os olhos para o celular. Perceber um casal deixando o romantismo de lado durante o jantar num restaurante para navegar nas redes sociais. Essas e outras situações curiosas serviram de mote para o ator Marcelo Serrado escrever o stand up comedy “É o que temos para hoje”, que estreou em janeiro de 2014 e chega ao Sesc Niterói para única apresentação no dia 28/3 (sexta-feira), às 20h.

A peça tem a participação de Gigante Léo, que ficou famoso após vencer o Prêmio Multishow de Humor e virou sensação em vídeos da série “Porta dos Fundos”, no Youtube. O comediante foi convidado para dar uma canja no ensaio geral do espetáculo e acabou permanecendo. Ao final das apresentações, ele e Marcelo Serrado sobem juntos ao palco e criam uma cena improvisada com temas sugeridos pela plateia.

“É o que temos pra hoje” é o segundo espetáculo de stand up comedy de Marcelo Serrado. Ele também escreveu e atuou em “Tudo é tudo e nada é nada”. Nos últimos anos, o ator se voltou para a comédia. Ele viveu o mordomo Crô na televisão e no cinema. Dirigiu o comediante Rafael Infante, do “Porta dos Fundos”, no teatro. É o idealizador da série “A mulher da sua vida”, apresentada no programa “Fantástico” (Rede Globo) e vai dirigir a comédia “A história dos amantes”, prevista para estrear ainda no primeiro semestre deste ano.

Serviço

“É o que temos para hoje” – Stand up comedy com Marcelo Serrado e Gigante Léo

28/3/2014, 20h

Sesc Niterói: Rua Padre Anchieta, 56, Centro. Tel.: (21) 2719-9119

Ingressos: R$ 2 (associados Sesc), R$ 4 (estudantes, jovens de até 21 anos e maiores de 60 anos), R$ 8 (inteira).

Classificação etária: Livre

Duração: 90 minutos.

 

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: