Sesc Niterói apresenta a peça “Absurdo”, que discute a falta de comunicação entre familiares

Peça Absurdo - Sesc

Espetáculo da Cia Atores de Laura tem única apresentação nesta sexta-feira (16/1), com ingressos entre R$2 e R$8

Dois casais dividem um único filho, que vive situações diversas em cada família, enquanto discutem como manter uma relação sadia depois de 20 anos de convivência. Esse é o ponto de partida de “Absurdo”, peça da Cia Atores de Laura, grupo carioca com quase 25 anos de atividade. Calcada em situações do cotidiano, “Absurdo” trata de questões como intimidade e dificuldade de comunicação mesmo entre pessoas que se conhecem há muito tempo e tem única apresentação no Teatro Sesc Niterói nesta sexta-feira (16/1/2015), às 19h.

No cenário, dois casais dividem uma mesa de com quatro cadeiras, mas estão em situações diferentes, o que fica claro na ausência de interação entre eles. Separados ou unidos por uma mesma mesa, temos um homem que não suporta a sua própria companhia e uma mulher aprisionada por obsessões cotidianas. O casal tenta comemorar 20 anos de casamento. Um outro homem procura a casa perdida há 20 anos. Enquanto não a encontra, vive há muito tempo com a mulher, que não tem objetivo, nunca muda mas ao mesmo tempo e está sempre diferente. Além do cenário, o filho é o único que transita entre os dois universos: um jovem que nunca saiu de casa e quer conhecer o mundo.

Dirigida por Daniel Herz, “Absurdo” é uma criação coletiva da companhia teatral, e como o próprio nome diz, se encaixa no teatro do absurdo,gênero que se aproxima do ilógico e do irracional em tramas marcadas pela quebra da linearidade e das relações de causa e efeito. Para criar o texto, a Cia Atores de Laura se inspirou na obra de Eugène Ionesco (1909-1994), um dos principais representantes desta vertente.

Sobre a Cia Atores de Laura: fundada em 1992, a Cia Atores de Laura passou, a partir de junho de 2009, a ser constituída por atores reunidos numa cooperativa junto ao diretor Daniel Herz. Os Atores de Laura dedicaram-se desde logo ao trabalho coletivo, com o objetivo de pensar e realizar o ator como força principal do jogo cênico, em torno do qual são construídas, paralela e posteriormente, a direção, a cenografia, a vestimenta e a iluminação. Foi criada no Rio de Janeiro em 1992 e desde então vem se apresentando em várias cidades do Brasil e no exterior (festivais em Lyon, na França, e em Córdoba, na Argentina). Tem no seu repertório 19 montagens teatrais – sendo duas para crianças (“A casa bem-assombrada”, 1998, e a premiada “A flauta mágica”, 1999).

Serviço

Peça “Absurdo” (drama)

Sesc Niterói (teatro): Rua Padre Anchieta, 56, Centro. Tel.: (21) 2719-9119

16/1/2015 (sexta-feira), às 19h

Ingressos: R$ 2 (associados Sesc), R$ 4 (meia) e R$ 8 (inteira)

Classificação: 14 anos

Capacidade: 220 lugares

Duração: 70 minutos

Ficha técnica:

Texto: Cia Atores de Laura

Direção: Daniel Herz

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: