Cerca de 5,9 milhões de fluminenses conseguiram poupar dinheiro nos últimos 12 meses

Brasileiros - Poupança

Média de valor poupado supera 2 mil reais por pessoa e caderneta de poupança é a principal escolha de aplicação dos rendimentos

Quantos fluminenses conseguiram poupar parte dos seus rendimentos nos últimos doze meses? Em pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ), 46% dos entrevistados afirmaram ter conseguido organizar suas finanças para guardar parte das economias, o que equivale a cerca de 5,9 milhões de consumidores do estado do Rio de Janeiro.

A sondagem realizada entre os dias 22 e 28 de outubro verificou ainda que, em média, cada consumidor conseguiu poupar R$ 2.710,84 nos últimos 12 meses. O motivo mais mencionado pelos fluminenses para guardar dinheiro foram as preocupações com despesas não previstas – cerca de 58,4% das pessoas preferem poupar para alguma necessidade inesperada.

Da parcela de pessoas que guardam dinheiro, 79,6% mantêm uma parcela dos seus recursos no banco e 26,6% optam por manter uma parcela em sua própria casa. Entre as pessoas que realizam algum tipo de investimento, a caderneta de poupança aparece em primeiro na lista de preferência de lugares para manter a aplicação, com 64,7%. A renda fixa está em segundo lugar no ranking, com 28,3% da preferência, e a renda variável aparece na terceira posição, com 15,8%.

O IFec RJ ouviu também a parcela da população fluminense (37,4%) que não conseguiu poupar dinheiro. Segundo resultados do estudo, 57,8% das pessoas apontaram os rendimentos insuficientes como principal motivo para não conseguir guardar recursos. Já 19,3% das pessoas disseram que poderiam ter guardado, mas foram consumistas. Outra parcela dos entrevistados, 18,7%, disse que poderia ter poupado, mas ocorreram imprevistos.

Sobre a Fecomércio RJ

A Fecomércio RJ é formada por 59 sindicatos patronais fluminenses e tem como objetivo representar os interesses do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado. A Federação reúne em torno de 342 mil empresas, que correspondem por quase 2/3 da atividade econômica do estado do Rio de Janeiro, isso representa 71% dos estabelecimentos fluminenses, gerando 1,8 milhões de empregos formais, nada menos que 64% das vagas com carteira assinada. Além disso, a Fecomércio RJ administra, no estado do Rio, o Serviço Social do Comércio (Sesc) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comércio (Senac).

Siga a Fecomércio RJ no Instagram – @fecomercio.rj
Conheça nossa página no Facebook – www.facebook.com/SistemaFecomercioRJ/

Deixe seu comentário. Participe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: