Conheça os melhores tratamentos para a Exposição gengival

Você conhece ou já ouviu falar na exposição gengival? Esse é um problema bucal marcado pelo excesso da gengiva ao sorrir, deixando ela muito exposta. Portanto, é algo que pode ser muito incômodo, principalmente na questão estética. 

A exposição gengival, ou mais conhecida como o sorriso gengival, é um problema bucal marcado pelo excesso da gengiva, tanto pela arcada superior ou inferior. Ele costuma ficar muito perceptível no momento em que uma pessoa sorri. 

Então, caso apresente esse problema, é preciso pesquisar sobre como funciona plano odontológico empresarial, se tiver direito, para encontrar um tratamento que seja adequado. 

Entretanto, caso queira descobrir um pouco mais sobre a exposição gengival e os tratamentos que existem para esse quadro, basta continuar a leitura. 

O que é a exposição gengival? 

Assim como visto anteriormente, a exposição gengival ou o sorriso gengival, como também é conhecido, é um quadro que apresenta um excesso na gengiva no momento em que a pessoa sorri. 

Esse excesso pode ser apresentado tanto na parte superior da arcada dentária, quanto na inferior. 

Portanto, esse é um problema bucal que tem como preocupação por parte das pessoas o fator da estética. Isso porque, o sorriso gengival compromete toda a parte de harmonia e simetria do rosto. 

Porém, engana-se quem pensa que a exposição gengival causa desconforto somente pela aparência. Isso porque, ele também pode deixar a cavidade bucal muito vulnerável para outras enfermidades, como é o caso de infecções ou inflamações. 

De qualquer maneira, no surgimento de qualquer sinal de uma gengiva um pouco maior, é preciso procurar um profissional dentista, podendo até mesmo ser por meio de um odonto empresarial, se tiver direito. 

Vale mencionar que esse é um problema fácil de ser identificado. Isso porque, em todas as pessoas, o comum é que todos os elementos da boca fiquem em perfeita harmonia, que seria, no caso, os dentes, a gengiva e o lábio. 

Com isso, o comum é que a gengiva tenha uma medição de, no máximo, 3 milímetros. Caso passe disso, é bem provável que essa pessoa tenha um sorriso gengival. 

De forma resumida, é um problema bucal causado pelo excesso da gengiva, o que pode gerar um desalinhamento estético por não ter um equilíbrio entre os dentes, o tecido gengival e os lábios. 

Portanto, ao apresentar esse problema, é preciso procurar um profissional dentista de forma urgente. Então, caso tenha direito, procure saber um pouco mais sobre como funciona o plano odontológico da empresa para ter acesso aos melhores tratamentos. 

As causas para o excesso gengival podem ser várias, mas uma das mais comuns é o fator da estética. Entretanto, existem outros motivos que podem ser apontados, como por exemplo: 

  • Problemas musculares;
  • Problemas esqueléticos;
  • Problemas na gengiva;
  • Lábio superior menor;
  • Coroa do elemento dentário menor;
  • Hipertrofia na gengiva;
  • Inflamações na gengiva; 
  • Uso de alguns medicamentos. 

De todo modo, independente da causa, é fundamental procurar um tratamento urgentemente, caso apresente esse problema.

O ideal é se informar melhor sobre um plano dentário empresarial, se tiver direito, para ter acesso a procedimentos de qualidade com os melhores profissionais do ramo odontológico. 

Dessa forma, caso queira saber mais sobre alguns dos tratamentos que podem ser feitos para o caso de exposição gengival, só continuar a leitura. 

Quais são os tratamentos mais indicados para a exposição gengival? 

Da mesma maneira que pode ser visto anteriormente, existem alguns tratamentos que podem ser recomendados no caso de uma exposição gengival. 

Um dos tratamentos mais conhecidos para esse quadro é a gengivoplastia, porém existem outras opções, como por exemplo: 

  • Gengivectomia;
  • Cirurgia Ortognática; 
  • Toxina Botulínica; 
  • Gengivoplastia. 

Caso queira entender um pouco mais sobre cada um desses tratamentos de uma forma mais aprofundada, só continuar a leitura. 

  1. Gengivectomia

Esse procedimento é feito da seguinte maneira: Um cirurgião dentista, que pode ser até mesmo de um plano de saúde para dentistas, retira o excesso da gengiva com um bisturi. Essa é uma operação simples, sem pontos e cicatrizes. 

  1. Cirurgia Ortognática

Esse procedimento tem como objetivo corrigir as irregularidades no desenvolvimento do rosto e dos esqueletos. Em resumo, ele oferece um reposicionamento dos maxilares. Portanto, isso auxilia em diversos quadros, dentre eles o da exposição gengival. 

  1. Toxina Botulínica

Esse procedimento pode ser conhecido também como um botox. Portanto, ele diminui a força muscular que está próxima da boca. No geral, é um procedimento simples, mas que deve ser refeito de 3 a 6 meses. 

  1. Gengivoplastia

Esse é um procedimento considerado bem simples também. Ele funciona da seguinte forma: Sob uma anestesia, um dentista tira o excesso da gengiva com um laser ou bisturi e começa a corrigir outras imperfeições nessa área, caso seja necessário. 

Dessa forma, é sempre fundamental procurar um profissional dentista para que ele possa indicar o melhor tratamento, de acordo com cada caso. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

Barulho dos vizinhos – Vivemos em uma época em que a paz...

Rolar para cima