CCBB Educativo - Crédito: Léo Braga

Grátis: Confira a programação do CCBB Educativo em maio

Atividades do CCBB Educativo, inspiradas pela obra do cearense Sérvulo Esmeraldo, valorizam escultura e incentivam imaginação 

A programação do mês de maio está repleta de atrações para toda a família


O gravurista, pintor e escultor cearense, Sérvulo Esmeraldo (1929-2017), um dos mais completos artistas brasileiros, é o inspirador de novas atividades do CCBB Educativo realizadas no programa contínuo de arte-educação patrocinado pelo Banco do Brasil, a partir desta semana. Os visitantes são convidados, entre outras coisas, a conhecerem um pouco mais sobre a arte da escultura e a soltarem a imaginação para ressignificar objetos de uso cotidiano. Além disso, os mais crescidos, a partir dos 12 anos, poderão ouvir histórias que tratam da brasilidade, com temas sobre a herança africana, amor, maternidade, questões sociais e sustentabilidade. A programação se soma às relacionadas à exposição Studio Drift Vidas em Coisas realizadas desde o mês de março de 2023 no Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro.

Atividades programadas para maio:

Visitas agendadas 
A mediação na galeria abre espaço para o surgimento de novos olhares sobre as produções artísticas. Escolas públicas e privadas, ONGs e outras instituições dedicadas à educação e à integração social podem agendar visitas educativas às exposições. Com duração de uma hora, as visitas mediadas são agendadas e estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições.
Segundas, Quartas, Quintas e Sextas: 10h, 14h e 18hSábados e Domingos: 9h30

Visitas mediadas – ExposiçõesArte, tecnologia, ressignificação de objetos de uso cotidiano, meio ambiente, arquitetura, sustentabilidade, convite para os visitantes soltarem a imaginação são eixos norteadores das visitas em cartaz. Um permanente espaço aberto para o diálogo e surgimento de novas leituras. As visitas têm duração de uma hora, com participação gratuita e com retirada de ingresso no site www.bb.com.br/cultura ou na bilheteria do CCBB uma hora antes. 

  • Visitas mediadas exposição Sérvulo Esmeraldo
    Segundas e Quintas: 16h – Quartas e Sextas: 11h e 18h / Sábados: 18h / Domingos: 10h
  • Visitas mediadas exposição Studio Drift
    Segundas e Quintas: 11h e 18h – Quartas e Sextas: 16h / Sábados: 10h e 19h / Domingos: às 18h

Visita pessoas com deficiências mentais / intelectuais
Aos domingos o CCBB Educativo oferece visitas, mediante agendamento, para grupos de pessoas com deficiências intelectuais/mentais, em especial TEA (Transtorno do Espectro Autista). Nesses encontros, que reúnem, no máximo, dez pessoas, o ambiente é preparado para um maior conforto do visitante.
Domingos: 8h

Visitas mediada em Libras
O CCBB educativo conta com programação para o público surdo. As visitas mediadas em LIBRAS às exposições são um espaço de troca de experiências e surgimento de novos olhares sobre a mostra. Fazem parte da equipe Raissa Coimbra, educadora surda, e dois educadores intérpretes de Libras.
Sextas: 13h, 15h e 17hDomingos: 13h e 16h

Visitas mediadas – (Re) descobrindo o CCBB
Podemos conhecer o passado através da arquitetura? Que histórias guardam as paredes de um prédio? Educadores e visitantes percorrem o espaço que abriga o CCBB do Rio de Janeiro para conhecerem mais sobre sua arquitetura e história. Esta jornada inclui a visita à exposição de longa duração, “Do Sal ao Digital: o Dinheiro na coleção Banco do Brasil”, que apresenta o acervo de numismática da Instituição. As visitas mediadas (Re)Descobrindo o CCBB, dedicadas ao patrimônio do CCBB com foco na exposição “Do Sal ao Digital: o Dinheiro na coleção Banco do Brasil”.
Segundas e quartas, às 10h e Quintas e sextas: 10h e 18h

Laboratório de arte
Desinventores, com a inspiração em Sérvulo Esmeraldo, explora o campo imaginário dos participantes e convida a descobrir o grande inventor que existe em cada um. A ideia é ressignificar objetos do cotidiano. A partir de peças encontradas dentro de uma caixa, o participante é convidado a desenvolver um projeto de uma máquina com funções não convencionais. 

A atividade visa percorrer todas as etapas de desenvolvimento de um objeto experimental, desde a sua concepção até a representação sistematizada daquilo que foi imaginado. Foi desenvolvida para públicos a partir de 6 anos de idade com a participação dos acompanhantes.
Sábados, domingos e feriados: 16h

Pequeníssimas mãos
Jardim de Alecrim, um espaço acolhedor desenvolvido para crianças de dois a três anos experimentarem o mundo de uma forma diferente, através de um circuito sensorial.
Domingos: 14h

Pequenas Mãos“Um, dois, três… estátua!” Provavelmente você já participou dessa brincadeira. Em Corpo Concreto, os pequenos e seus familiares são convidados a conhecer um pouco mais sobre a arte da escultura trabalhada por Sérvulo Esmeraldo: Utilizando-se de materiais diversos como: papel, acetato, tecido, arame, os participantes serão convidados a criar esculturas abstratas. Em seguida, tendo o corpo como suporte, irão “vestir” formas geométricas buscando a relação entre corpo e espaço. A atividade foi desenvolvida visando a participação dos acompanhantes. É uma oportunidade para experimentar o corpo e transformá-lo em uma obra de arte.Sábados e feriados: 14h

Hora do conto
Ao longo da programação do CCBB-Rio, diferentes histórias serão apresentadas. A temática do CCBB Educativo é inspirada nos conceitos das exposições.
Sábados, domingos e feriados às 13 horas. (Aos domingos é realizada a Hora do Conto em Libras, com contação de histórias acessível em Libras para pessoas surdas e ensurdecidas.)

As histórias são:

  • O menino que queria tocar o sol – Existe melhor maneira de aprender do que através da imaginação? O CCBB Educativo convida as famílias para a Hora do Conto. A atividade percorre os quatro elementos da natureza e apresenta invenções criadas pelos personagens usando água, fogo, ar e terra para solucionar desafios. Inspirado na mitologia Grega, apresenta o mito de Ícaro, que conta a história de um pai e filho presos em um labirinto de onde tentam fugir. Para isso, constroem asas feitas de penas de pássaros e voam bem alto nos céus. Fascinado com o triunfo da criação, Ícaro não dá atenção aos avisos de seu pai para que não chegue muito perto do sol. 
  • Mani, a lenda da mandioca – Quase todo mundo come mandioca hoje em dia, mas quase ninguém sabe que existe uma lenda sobre seu surgimento. O CCBB Educativo vai contar a história de Mani, uma menina indígena que foi muito importante no surgimento dessa raiz tão nutritiva e utilizada por nós hoje em dia. É a oportunidade de conhecer essa lenda tão importante para a cultura brasileira.
  • O Mutum e o Cruzeiro do Sul – Vocês sabiam que antes do nosso dinheiro ter o nome de Real ele teve vários nomes? “O Mutum e o Cruzeiro do Sul” é um conto adaptado da obra “Macunaíma”, de Mário de Andrade, que conta uma lenda indígena sobre a constelação que já deu nome à nossa moeda. Venha descobrir as histórias por trás desse e de outros segredos guardados no prédio do Centro Cultural Banco do Brasil.

Histórias para gente grande

Ouvir histórias é gostoso demais e cativa gente de todas as idades. Pensando nisso que o CCBB Educativo preparou uma contação especialmente para os adultos. As histórias tratam de temas como herança africana, amor, maternidade, questões sociais e sustentabilidade. As contações ocorrem no primeiro andar do CCBB Rio para pessoas a partir de 12 anos de idade. Sábados, domingos e feriados: 17h

As histórias são:

  • Kiriku e a feiticeira – Nós sabemos como a água é importante. E se eu te contasse uma história sobre a falta dela? Kiriku, um menino que já nasceu sabendo fazer tudo, se vê na necessidade de ajudar sua aldeia, que sofre com a maldição de Carabá, a Feiticeira. Sua missão é trazer de volta a água da fonte. Venha se envolver nessa aventura junto com o Kiriku o valente menino.
  • A Carteira – Todos já passamos por algum momento em que nos vimos diante de uma difícil escolha. “A carteira”, de Machado de Assis, conta a história de Honório, um homem que encontra uma carteira e vive o dilema sobre o que fazer com ela. Enquanto percorre aflito as ruas do centro do Rio de Janeiro antigo, Honório nem imagina que carrega no bolso muito mais do que o alívio financeiro.
  • Iemanjá é a mãe de todas as cabeças – Você sabe como surgiu a tradição de levar presentes ao mar no dia 2 de fevereiro? “Iemanjá é a mãe de todas as cabeças” narra o início da Festa de Iemanjá, reconhecida como Patrimônio Cultural de Salvador e fala também sobre amor, maternidade e nossas heranças africanas. Venha conhecer um pouco mais sobre essa tradição popular e sobre a Orixá rainha das águas, nessa contação de história permeada por amor e ancestralidade.

Livro Vivo
A leitura compartilhada é um dos primeiros passos na formação de leitores. É voltada para as crianças e suas famílias. “Vamos ler juntos?” A atividade acontecerá em dois horários, às 11 e às 15 horas no CCBB Educativo, no primeiro andar.
Sábados, domingos e feriados: 11h e 15h  

SERVIÇO CCBB EDUCATIVO DO RIO DE JANEIRO
TODAS AS ATIVIDADES SÃO GRATUITAS

Visitas Agendadas
Agende sua visita educativa! Escolas públicas e privadas, ONGs e outras instituições dedicadas à educação e à integração social podem agendar visitas educativas às exposições. Com duração de uma hora, as visitas educativas agendadas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições.
Segundas, Quartas, Quintas e Sextas: 10h, 14h e 18h
Sábados e Domingos: 9h30
Dúvidas, informações e agendamentos: (21) 3808-2070
agendamento.rj@programaccbbeducativo.com.brVisitas Mediadas – Exposições
Segundas, Quartas, Quintas e Sextas: 11h e 16h e 18h
Sábados e Domingos: 10h e 18h e 19h
Participação gratuita, com retirada de ingresso no site www.bb.com.br/cultura ou na bilheteria do CCBB uma hora antes.

Visitas Mediadas – (Re)Descobrindo o CCBB 
Segundas e Quartas: 10h
Quintas e Sextas: 10h e 18h 

Visitas mediadas em Libras
Um intérprete de Libras ouvinte realiza visitas medidas em Libras nas exposições em cartaz. Com duração de uma hora, as visitas estimulam a troca, a investigação e a reflexão sobre as exposições.
Sextas: 13h, 15h e 17h
Domingos: 13h e 16h
Participação gratuita com retirada de ingresso no site www.bb.com.br/cultura  ou na bilheteria do CCBB uma hora antes.

Visitas para pessoas com deficiências mentais e/ou intelectuaisO CCBB Educativo oferece visitas acessíveis, mediante agendamento, para grupos de pessoas com deficiências mentais e/ou intelectuais. Nesses encontros, que reúnem, no máximo, dez pessoas, o ambiente é preparado para um maior conforto do visitante.
Domingos: 8h
Dúvidas, informações e agendamentos: (21) 3808-2070 | agendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br

Ateliê Aberto
Atrações intercaladas que permitem o fluxo dos visitantes. 
Sábados, Domingos e feriados: das 11h às 17h (atividades de hora em hora)

Livro VivoAtividade de mediação de leitura, voltada para crianças e suas famílias.
Sábados, Domingos e feriados: 11h e 15h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Hora do Conto
Histórias da cultura popular e da literatura universal são apresentadas por educadores, por vezes acompanhados de instrumentos musicais e bonecos. 
Sábados, Domingos e feriados: 13h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Hora do Conto em Libras
Contação de histórias acessível em Libras para pessoas surdas e ensurdecidas. 
Domingos: 13h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Contação de história para gente grande – acima dos 12 anos de idade.
Sábados, Domingos e feriados: 17h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Laboratório de ArtesCom duração de uma hora, o laboratório de artes é um espaço de troca, investigação e criação sobre as exposições, seus temas e conceitos. 
Sábados, domingos e feriados: 16h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Pequenas mãos
Atividades voltadas para visitantes de 3 a 6 anos, que estão dando seus primeiros passos na galeria.
Sábados e feriados: 14h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Pequeníssimas mãos
Atividade voltada para crianças pequenas de 2 a 3 anos e suas famílias.
Domingos: 14h
Local: Sala do CCBB Educativo – 1º andar

Sobre o CCBB Educativo
O CCBB Educativo é um programa contínuo de arte-educação patrocinado pelo Banco do Brasil, que desenvolve ações educativas para aproximar o público da programação em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Em 2023, o Programa é realizado pela Sapoti Projetos Culturais e oferece Visitas Mediadas, Laboratório de Artes, contação de histórias, mediação de leitura, vivências para crianças pequenas, encontro com professores e eventos em datas comemorativas. As atividades oferecidas são voltadas para todos os públicos, inteiramente gratuitas.

Sobre o CCBB RJ – O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro
Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro completa 34 anos em 2023 e representa o início do investimento do Banco do Brasil em cultura. O CCBB RJ está instalado em um edifício histórico, projetado pelo arquiteto do Império, Francisco Joaquim Bethencourt da Silva. Marco da revitalização do centro histórico do Rio de Janeiro, o Centro Cultural mantém uma programação plural, regular e acessível, nas áreas de artes visuais, cinema, teatro, dança, música e pensamento. 

O prédio dispõe de 3 teatros, 2 salas de cinema, cerca de 2 mil metros quadrados de espaços expositivos, auditórios, salas multiuso e biblioteca com mais de 200 mil exemplares. Os visitantes contam ainda com restaurantes, cafeterias e loja, serviços com descontos exclusivos para clientes Banco do Brasil.  

O Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro funciona de segunda a domingo, das 9h às 21h, no domingo, das 9h às 20h, e fecha às terças-feiras. Aos domingos, das 8h às 9h, o prédio e as exposições abrem em horário de atendimento exclusivo para visitação de pessoas com deficiências intelectuais e/ou mentais e seus acompanhantes, conforme determinação legal (Lei Municipal nº 6.278/2017). 

ServiçoLocal: CCBB Rio de Janeiro (Rua Primeiro de Março, 66 – Centro) 
Telefone(21) 3808-2070
E-mailagendamento.rj@programaccbbeducativo.com.br  
Ingresso: Entrada franca 
Classificação indicativa: Livre

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Posts Relacionados

Barulho dos vizinhos – Vivemos em uma época em que a paz...

Rolar para cima